segunda-feira, abril 09, 2007

O Evangelho de Judas


Pintura de Caravaggio

Contrariando o pensamento de Ireneu, admito que Judas não foi o que a História reza. Tal como a história de alguns de nós, que os gentios e os gnósticos preferem que assim seja, o também não é.
A refutação pegamo-la pelos cornos destas notícias que nos chegam, gentilmente cedidas pelos serviços de informação:


* Ministério da Justiça cria casas "de transição" para reclusos (link)

* Reclusos em regime aberto duplicam na Quinta da Várzea (link)

Já esta nos torna cúmplices num silêncio que não podemos romper.
Talvez por vestirmos a pele de Iscariotes sem ter que receber trinta dinheiros.

................



A Faculdade de Direito do Porto criou uma unidade de estudo sobre Criminologia.
Como princípio, parece uma boa ideia. As orientações é que vão ser do caraças.
Para além dos estudos publicados onde podem obter ajuda ("L'Uomo Delinquente" de Cesare Lombroso é um exemplo), muitos outros documentos disponibilizados por essa Internet afora também podem ajudar. O que não estou a ver é como podem ir mais além se não lidarem com o garante desse próprio estudo. Ou seja; nós!
Quer seja no Porto, em Lisboa, Setúbal ou na Conchichina.

Não pretendendo de forma alguma tirar-lhes o vigor da iniciativa, aconselhava-os apenas a tentar perceber quem somos, o que fazemos ou fizemos e o porquê. Não vão os gajos pensar que alguns de nós, apenas um pouco mais velhos que eles, não começámos precisamente pelas pequenas infracções que eles cometem quando estão acompanhados com a simbiose perfeita quando juntamos os amigos e amigas que talvez nos fizessem perder a cabeça.

Não se trata de denegrir a forma nem o conceito que um futuro criminologista possa gerir. É apenas uma chamada de atenção para a observância que se possa ter sobre um alegado criminoso. Aí, é que a porca torce o rabo…
(e já tenho aqui um sacana a dizer-me que os gajos não têm colhões para vir falar com a gente)

Sucesso é o meu desejo, FDUP!

5 Comments:

Blogger Jumento said...

Caro amigo,

Tenciono criar um secção destinada a dar o destaque a um blogue, partindo das respostas a cinco perguntas. É uma forma de divulgar o que se vai fazendo na blogosfrea e as motivações e sentimentos dos que nela participam.
Caso esteja disponível qui vão as cinco perguntas:

Dez perguntas:

1. Com que motivação criou um blogue?
2. Como define o seu blogue?
3. Até onde tenciona levar o blogue?
4. Que relação estabelece com quem lê o blogue?
5. Qual o post que teu maior prazer?

Se não tiver acesso a mail pode colocar as respostas na caixa de comentários.

Abraço

11:21 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

eh pá, não sabia. Que mau, e é uma vergonha para o país.

py

2:02 da tarde  
Blogger absorbent said...

e acho q até já descobriram o evangelho de judas, onde ele até nem é tao mau quanto isso...

6:42 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Pois é, "meu".
Recuperar ideias e projectos que em outros países fizeram sucesso, é obra que merece ser acompanhada pelas autoridades portuguesas.
E convenhamos que pode fazer a diferença o facto de estares empenhado, Zé.
Tal como esse putos da FDUL que referes.

Mas sou céptico em relação a isso.
Não por ti. Apenas pelo facto de ter sabido dos muitos "quinhentos" que a malta que quer desenvolver assuntos melindrosos não terem os apois que mereciam.

Um dia explico-te essa merda mais a sério.

Fecha a cela e vai ver o Benfica.

saddam, o dos fados

8:51 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Não é FDUL, porra. É a do Porto, carago.
Desculpa lá...

8:57 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home