quarta-feira, agosto 23, 2006

Testemunhos (2)



António Gerardo (ex-recluso do Estabelecimento Prisional Regional de Castelo Branco) endereçou uma carta a Lídia Barata, do Jornal Povo da Beira online.
Quer ler?

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Na mesma onda do meu comentário no post abaixo, aqui está mais um caso que merece atenção.
Daí, depreender que não possas ser tu a dizer o que se possa passar nos mesmos trâmites no EPL.
Mas já é uma achega para o calcular de situações destas em todos os presídios do país.

saddam, o dos fados

12:08 da tarde  
Blogger adavid said...

Queria ler; infelizmente, alguém se lembrou de tornar a leitura inviável, colocando por cima do texto da carta um outro texto.

Vai ver.

Força.

Um abraço

António David

8:06 da tarde  
Blogger Zé "Prisas" Amaral said...

Amigo Saddam, não é por mero acaso que se vê que nos entende. Por razões que se prendem com informações às quais estou limitado, é óbvio que o que mais se encaixa aqui é aquela célebre frase:"para meio-entendedor, meia-palavra basta."

António David, daqui consegue-se aceder. Será problema do seu browser?
Talvez lhe envie o texto por e-mail, se não houver inconveniente, claro.

9:33 da manhã  
Blogger adavid said...

Mantenho todo o interesse em ler o depoimento.
Indo de encontro à sua sugestão, agradeço o favor de enviar-mo para o seguite endereço: adavidster@gmail.com.

Abraço,

António David

1:51 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home