terça-feira, setembro 19, 2006

Sexta-feira, 15



- Doc, como é que foi?
- Na boa.
- Resultados?
- Só para a semana que vem.
- Fixe, meu.

Um diálogo de corredor. Curto. Tal como algumas vidas futuras desta população reclusa onde ainda alguns se recusam mandar a toalha ao chão.
Para outros, falar de Baudelaire pode soar-lhes a cozinheiro francês ou uma bebida que ainda não provaram. Stendhal então, mais parece um esticador para secar roupa lavada, enquanto em conversa enviesada, Picasso ou Eusébio já lhes dizem qualquer coisa.

De modo nenhum estes gajos que me acompanham, já fazem tempo, não são de todo burros.
E por vezes, meditando no alpendre com a cabeça entre os joelhos, deliciando o sol que me bate nas costas a oeste, pergunto-me do futuro desta gente. É um desafio arriscado prever conclusões. Mas aquele “puto” merece o curto diálogo de corredor, e apostamos nele todos os nossos sonhos fracassados.

Era giro, um dia, vê-lo ocasionalmente numa das ruas de Lisboa e dizer-lhe: “Bom dia, sô doutor!”

5 Comments:

Blogger BlueShell said...

Sim, que futuro?

Hoje, depois de um dia de intenso trabalho…apenas um abraço…
BlueShell

8:38 da tarde  
Blogger mariama said...

temos ter confiança, embora o mundo actual não ajude muito a ter esperança... mas, já houve outros que conseguiram tirar o curso , mesmo aí dentro, por que razão ele não há-de conseguir? força...

10:09 da tarde  
Blogger aitb said...

Olá! brigada pelo link ao Férias...
:)

he... só por curiosidade: pq pavilhão J ???

lol

um abraço e keep the good work!!
:)

12:58 da manhã  
Anonymous Mikas said...

Foi bom passar por aqui, desejo resto de boa semana.

6:36 da tarde  
Blogger JPN said...

força. e bom fim de semana

10:44 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home