quarta-feira, fevereiro 21, 2007

Cirurgia plástica



A procuradora-geral adjunta, Maria José Morgado, depois de em 2000 a Agosto de 2002 ter a chefia da Direcção Central de Investigação da Corrupção e Criminalidade Económica e Financeira (DCICCEF) da Polícia Judiciária, tem nas mãos uma batata quente: o Apito Dourado. Falar dela não é fácil, ao contrário do processo onde toda a gente gosta de malhar. Sobretudo as cores opostas de quem se está a ver encurralado (rs). Mas, diz quem a conhece de outras “guerras”, se continuar a Zé daqueles tempos, Pinto da Costa e toda a máfia do futebol que se acautelem.

Por outro lado, não faço a mínima ideia do que Judite de Sousa vai perguntar a Pinto Monteiro na Grande Entrevista de hoje. No entanto, posso subverter já as respostas: não vai sair nada dali. O segredo de justiça será a camisa-de-forças que impede tentar saber e perceber a morosidade no desenvolvimento de todos os processos mais mediáticos a apanhar pó nos tribunais. Mesmo que já tenha lido algures a disponibilidade de mais informação no site da Procuradoria. (link)

Uma coisa a gente sempre soube: o poder de alguns poderes ainda tem muita força e a cirurgia plástica ajuda a esticar as peles.
Já de nós pouca gente sabe. Mas o P. João dá uma dica no DN. (link)

4 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Bruxo!

saddam, o dos fados

5:50 da tarde  
Blogger Conceição Bernardino said...

Olá,
“ Somos a ponte para a eternidade,
Formando um arco sobre o mar,
Procurando aventuras para nosso regozijo,
Vivendo mistérios, optando por calamidades,
Triunfos, desafios, apostas impossíveis,
Pondo-nos à prova uma e outra vez,
Aprendendo amar.”
Excerto de “Richard Bach”

É com esta força que renasço todos os dias, para continuar a minha caminhada...
Espero que gostem deste pequeno presente.
Beijinhos, que a escrita nos una!
Conceição Bernardino

http://amanhecer-palavrasousadas.blogspot.com

11:15 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

...->

http://www.postalescachondas.com/tarjetas/create.php?card_id=290

py

8:37 da tarde  
Blogger Zé "Prisas" Amaral said...

Ah! pois é, amigo fadista.
De já sabermos o que a casa gasta, por vezes adivinhamos certas coisas.

*

O Richard tem razão. A vida por si só é um desafio. E dos grandes.
Infelizmente, como deve calcular, nem todos os meus camaradas os conseguem ultrapassar.

*

Py, estamos atentos às mensagens. Mesmo que muitos de nós cada vez que vejam gatos em cima dos muros desatem às pedradas aos pobres coitados. (rs)

4:33 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home